American Horror Story

Oi gente! Ando meio sem inspiração, e minhas ideias todas são para posts compridos, vou ver se ponho elas em ação durante a semana lol. O estilo da Taylor valeu por 2 semanas, porque afinal, teve uma semana que eu não postei. Enfim, o seriado da semana é a fresquinha American Horror History, dos criadores de Glee e Niptuck, mas muito diferente de ambos os shows.

American é uma série bem exagerada. A série vai evoluindo, com muito sangue e terror, mas à medida que vai ganhando mais episódios, novos elementos e explicações aparecem. Mas tem muitas coisas absurdas em meio de tudo isso… Na minha opinião, o piloto estava muito sexual e com loucura em excesso. Graças a Deus parou com aquela falta de vergonha na cara daquele cara perambulando pela casa de noite, peladão!

A série tem me lembrado Os Outros pelas minhas especulações… É um bom quebra-cabeça, a cada episódio mais algumas peças… O tipo de série que precisa pensar um pouco, não é que nem um Dead Set ou algo parecido. Enfim, vamos a um pequeno resumo:

Vivien, Ben e sua filha Violet Harmon estão se mudando para Los Angeles em uma casa vitoriana, na qual um casal gay, que foram os últimos moradores, se suicidaram no porão (negritei porque é aí que a magia acontece lol). Eles se mudaram porque Ben havia traído Viv em Boston com uma aluna e porque Viv havia sofrido um aborto espontâneo.

Ben é psicólogo e tem um escritório em casa onde recebe os pacientes, um deles é Tate, um garoto muito estranho e que ele acredita que é uma ameaça à sociedade. Tate começa a se relacionar com Violet, a filha adolescente drogada/que corta os pulsos/chata deles.

A vizinha da família, Constance, é muito misteriosa e vive fazendo visitas na casa para conversar com Vivien. Ao longo dos 3 episódios existentes, descobrimos um pouco mais sobre seu passado e ela se torna um importante personagem na trama. Ah, ela também rouba a prataria dos Harmons e tem uma filha muito intrometida com Síndrome de Down, Addy, que está sempre invadindo a casa e dizendo coisas bizarras.

E também há a empregada da casa, Moira, uma velhinha ruiva meio caolha, mas que aparece para Ben como uma sensual e jovem mulher. Basicamente, o 3º episódio inteiro é sobre Moira, então entendemos um pouco mais sobre ela.

Outro personagem que até agora só apareceu para Ben é Larry, um homem com meio rosto queimado, que dá conselhos absurdos a ele e matou toda sua família.

Enfim, depois de muita loucura no primeiro episódio, os outros 2 são mais, digamos, lógicos. Todos os episódios tem flashbacks que de alguma maneira influenciam na história do dia. AHS passa às quartas-feiras na Fox nos EUA, sendo que aqui no Brasil ainda não começou a passar.

Recomendo a série e já fiquei viciada, então indico começarem a ver logo para não acumularem muitos episódios e também não perderem tempo!

XOXO

Anúncios

Sobre Ísis F.

Lights. Amigos. PLL. Glee. TVD. Misfits. Skins. Game of Thrones. Terror. Sorvete. Compras. Escrever. Livros. Música. Novela. Gatos. Fotografia. Internet. The Killers. Taylor Momsen. MGMT. The Kooks. Gossip Girl. Chocolate. Flocos. Xadrez. Roupas. Botas. Frozen Yogurt. ModCloth. Gang. Forever 21. Nasty Gal. Cabelos Coloridos. Loucura. Starbucks. New York. Londres. Livraria. Cheiro de livro novo. Viagem. Praia. Cheiro do mar. Amor. Lágrimas. Sorrisos. Apple. Tumblr: http://illus1onistic.tumblr.com/
Esta entrada foi publicada em Séries com as etiquetas , , , , , . ligação permanente.

Uma resposta a American Horror Story

  1. Heey diz:

    Vou começar a assistir hoje maaan, ameeeeeeeeeei DE-MA-IS

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s